Segunda-feira, Maio 20, 2024
InícioClássicosLumière aquece com presença de Wm Wenders. Mas não só...

Lumière aquece com presença de Wm Wenders. Mas não só…

É já daqui a sensivelmente um mês que o Festival Lumière, em Lyon, a cidade onde nasceu o cinematógrafo dos irmãos Lumière – ou seja, o cinema -, abre as portas para mais um festival dedicado ao cinema de património. Para a sua 15ª edição, o nome do alemão visionário e contemplativo Wim Wenders será talvez aquele que soa mais alto. Não só pelo estatuto do seu cinema, mas também por lhe ser dedicado o prestigiado prémio Lumière. Wenders sucede assim ao americano Tim Burton na homenagem dedicada pelo festival dirigido por Thierry Frémaux.

De referir que Wenders era um dos cineastas à muito no radar de Frémaux, pelo menos, desde que esteve no festival em 1991, para uma retrospetiva e duas exibições fotográficas. A concretização desta oportunidade será devidamente acompanhada por diversos eventos, como a reedição de novos livros, bem como de duas exposições fotográficas, acompanhando o intenso trabalho deste fotógrafo e cineasta itinerante.

Um dos pontos altos do festival situado na Rue du Premier-Film será então a dita homenagem, seguida por uma conferência de imprensa, agendada para o dia 21, onde o autor de Paris Texas apresentará os dois filmes revelados no passado festival de Cannes: Perfect Days, que permitiu ao ator japonês Koji Yakusho vencer o prémio de interpretação em Cannes, bem como o documentário Anselm – Das Rauschen der Zeit. Sendo que uma boa parte do seu trabalho de ficção e documentário será alvo de uma retrospetiva de cópias restauradas e apresentadas pelo próprio.

Para a satisfação dos colecionadores, o festival lança ainda, no dia 17, através da Carlotta Films, uma edição especial do filme As Asas do Desejo, bem como de O Amigo Americano. Está igualmente previsto o lançamento de uma caixa com The Road Trilogy, mas só a 21 November e ainda Room 666 e Room 999, pela Lubna Playoust em blu-ray b DVD, a 5 de Dezembro.

Até ao momento, a programação do festival Lumière incluir apenas algumas indicações do que deverá tornar-se em mais uma agenda recheada de cinema recuperado. Até ao momento, destaca-se pela presença, com convidado de honra, de Wes Anderson, autor do recente Asteroid City, tal como o compatriota Alexander Payne, apresentando o novo filme, The Holdovers, com Paul Giamatti. Um dos outros focos da programação será, seguramente, a exibição do novo filme de Hayao Miyazaki, The Boy and the Heron, até, de um arettospetiva dedicada ao geinal Robert Altman.

 

RELATED ARTICLES

Mais populares