Sábado, Abril 20, 2024
InícioFestivaisKVIFF: Blaga's Lesson vence Globo de Cristal

KVIFF: Blaga’s Lesson vence Globo de Cristal

Semana intensa na pequena cidade balnear de Karlovy Vary, na região da Boémia, na República Checa, todos os anos invadida por uma celebração do cinema. A 57ª edição, que decorreu de 28 de Junho a 8 de Julho, terminou com o prémio mais importante entregue a Blaga’s Lesson, do búlgaro Stephan Komandarev. É nesse thriller de índole social que a actriz Eli Skorcheva, no papel de uma professora de literatura reformada, não se conforma depois de ser alvo de uma burla que lhe leva as economias de uma vida inteira. A interpretação é intensa e segura merecendo o prémio de interpretação feminino. Blaga’s Lesson ganhou ainda o Grande Prémio do Júri Ecuménico.

Fremont, de Babak Javali

O júri oficial contemplou igualmente o romance entre dois jovens iranianos, em Empty Nets, de Behrooz Karamizade, com o Prémio Especial do Júri, além da representação segura a cargo de Babak Jalali, em Fremont, sobre uma jovem afegã que se especializa como tradutora para o exército americano e que descobre o fascínio da escrita de aforismos para bolinhos chineses.

A sátira do sueco Ernest De Geer, The Hypnosis, haveria de vencer o prémio e interpretação masculina, compensando o trabalho do ator Herbert Nordrum. O filme venceria ainda o prémio FIPRESCI. Merece referência, a menção especial do júri ao trabalho de Cyril Aris, em Dancing on the Edge of a Volcano, sobre um projecto de cinema interrompido com a explosão ocorrida em Agosto de 2020, no porto de Beirute.

Dancing on the Edge of a Volcano, de Cyril Aris

De registar o tremendo sucesso de público do festival, uma vez mais esgotando grande parte do quase meio milhar de sessões projetando cerca de 200 filmes.

PALMARÉS

Competição Globo de Cristal

Grande Prémio – Globo de CristalBlaga’s Lessons, de Stephan Komandarev (Bulgária, Alemanha)

Prémio Especial do JúriEmpty Nets, de Behrooz Karamizade (Alemanha, Irão)

Prémio Melhor RealizaçãoFremont, de Babak Jalali (EUA)

Prémio Melhor Interpretação Feminina – Eli Skorcheva – Blaga’s Lesson (Bulgária, Alemanha)

Prémio Melhor Interpretação Masculina – Herbert Nordrum – The Hypnosis (Suécia, Noruega, França)

Menção Especial – Dancing on the Edge of a Volcano, de Cyril Aris (Canadá, Líbano)

Prémio do Público – The Edge of the Blade, de Vincent Perez (França)

Competição Proxima

Grande Prémio – Birth, de Yoo Ji-young (Coreia do Sul)

Prémio Especial do Júri – Guras, de Saurav Rai (Índia, Nepal)

Menção Especial – Brutal Heat, de Albert Hospodársky (República Checa, Eslováquia)

Prémio do Público – The Edge of the Blade, de Vincent Perez (França)

Globo de Cristal por Contribuição Artística para o Cinema Mundial – Russell Crowe (Nova Zelândia)

Prémio do Presidente para Contribuição da Cinematografia Checa – Daniela Korárová

Prémios do Presidente

Alicia Vikander (Suécia)

Ewan McGregor (Reino Unido)

Robrin Wright (EUA)

Prémio FIPRESCI

Competição Globo de Cristal – The Hypnosis, de Ernst De Geer (Suécia, Noruega, França)

Competição Proxima – Imago, de Olga Chajdas (Polónia, Holanda, República Checa)

RELATED ARTICLES

Mais populares